Refeno-2020: redundância de quarentena pode inviabilizar regata


Foto: Tsuey Lan Bizzocchi/Cabanga

A Coordenação da Regata Internacional Recife/Fernando de Noronha (Refeno) tomou conhecimento, pelas mídias sociais, de um "Protocolo Noronha para Refeno 2020". Em uma primeira análise deste documento, os itens 4 e 5 inviabilizariam a realização da edição 2020 por haver redundância de quarentena para prevenção à Covid-19, pois todos os velejadores já cumpririam 72 horas de quarentena no mar e iriam cumprir mais 48 horas de quarentena na Ilha. 

Tudo isso após todos os participantes já terem sidos testados contra Covid-19 em Recife na véspera da prova, marcada para o dia 10 de outubro. Diante disso, os velejadores só poderiam circular pela Ilha a partir da quinta-feira (15/10), o que excede a própria programação da Regata, prevista para encerrar na quarta-feira (14/10).

A Organização da Regata está mantendo contato com o Governo de Pernambuco e já solicitou, em caráter de urgência, uma teleconferência com a Administração da Ilha, a Secretaria de Saúde e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico para esclarecer esses pontos e tentar um protocolo que garanta as condições de realização da regata e de saúde para todos os participantes e ilhéus. 


Leonides Alves

Coordenador da Regata Internacional Recife/Fernando de Noronha